Diabetes podem desencadear catarata nos pacientes

A diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente ou a má absorção de insulina em nosso organismo. A substância é responsável por regular a glicose no sangue, o que nos dá energia. Essa condição atinge milhares de pessoas no mundo todo. Dados da Sociedade Brasileira de Diabetes apontam para mais de 13 milhões de pessoas com a doença no Brasil, algo em torno de 6,9% da população. O diagnóstico faz com que o paciente se torne grupo de risco para uma série de doenças, além de o deixar na situação de pré-disposição para desenvolver outras complicações. Entre elas, complicações na vista, que podem se manifestar através da retinopatia diabética, glaucoma e a catarata, nosso tema de hoje.

A catarata é um problema de visão que atinge a região do cristalino no olho, tornando a região opaca. Essa alteração faz com que os pacientes apresentem uma gradual dificuldade para enxergar, com a visão ficando turva. Nesse caso específico, os depósitos de glicemia nas paredes do cristalino junto com as alterações glicêmicas do corpo forçam um envelhecimento prematuro da região.

O risco de cegueira é real. Mais da metade dos casos de cegueira tratável no Brasil estão ligados à catarata. É importante lembrar que entre os tipos de diabetes, os identificados com o Tipo 2 são três vezes mais propensos a desenvolver a doença de forma mais prematura e com maior agravamento do quadro. É fundamental que o paciente diagnosticado com esse tipo da doença comece o acompanhamento oftalmológico imediatamente.

A catarata pode ser revertida através da operação. Manter os cuidados com a diabetes, dos dois tipos, podem prevenir o desenvolvimento da catarata deste tipo. Caso perceba os sintomas, procure um oftalmologista.

Gostou das dicas? Leia muito mais no nosso Blog, e siga-nos nas Redes Sociais (Facebook e Instagram) para receber conteúdos úteis para o seu dia a dia.

Top